Home / CIDADES / Prefeito de Santa Rita Emerson Panta tem pedido de prisão impetrado por compra de medicamentos vencidos, VEJA AQUI

Prefeito de Santa Rita Emerson Panta tem pedido de prisão impetrado por compra de medicamentos vencidos, VEJA AQUI

O presidente do diretório municipal do MDB de Santa Rita, empresário Nicola Lomonaco, entrou no início da tarde desta quinta-feira, 12, com um protocolo no Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) solicitando a prisão do atual prefeito do município e candidato à reeleição, médico Emerson Panta, pela compra de medicamentos vencidos e outras medicações sem informações de lote e origem, segundo informações que constam em parecer de auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PB).

“Foi publicizado nos portais de notícias deste Estado matéria dando conta de que o atual prefeito do município de Santa Rita, Emerson Alvino Panta, comprou remédios fora do prazo, ou seja, medicamentos vencidos, e outros medicamentos sem informações de lote e origem e que, segundo a matéria, as informações foram extraídas do parecer da Auditoria do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba – TCE-PB”, revelou o presidente do MDB.

Nicola lembra que “é salutar e oportuno” a urgente intervenção do Ministério Público da Paraíba para agir como atuou o GAECO do Paraná, que efetuou a prisão do prefeito de Ibema, cidade localizada no interior daquele estado, pelo mesmo ato praticado pelo prefeito Panta, ou seja, pela compra de medicamentos vencidos.

“O crime foi configurado e atestado pela auditoria do Tribunal de Contas do Estado, não havendo nada mais a ser questionado ou apurado, visto que o órgão de fiscalização tem fé de ofício e está apto para tal procedimento”, argumentou.

O presidente do MDB de Santa Rita é incisivo ao afirmar que “o ato praticado pelo atual prefeito do Município de Santa Rita, médico Emerson Panta, segundo parecer de auditores do TCE/PB, não deve ficar à margem das valorosas e rigorosas ações do Ministério Público Estadual, principalmente no que tange a legalidade, moralidade e o respeito em defesa das vidas dos Santarritenses que foram colocadas em risco”, acrescentou.

Finalizando o protocolo junto ao MPPB, Nicola Lomonaco sugeriu uma ação cautelar de urgência requerendo a prisão do médico Emerson Panta e que seja solicitada à secretaria de Saúde esclarecimentos no tocante à distribuição dos medicamentos com prazos de validade vencidos e os demais sem lote e sem origem. “É preciso que a secretaria e o prefeito expliquem, caso os medicamentos não tenham sido distribuídos, para onde foi o descarte, salientando que além do crime de aquisição, houve o dano ao erário público e consequentemente ato lesivo da conivência”, finalizou Nicola.

Veja abaixo o documento:

Crédito imagem: Reprodução Facebook

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Prefeitura de Bayeux continua realizando mutirões e oferece quase 7 mil exames no mês de dezembro para zerar fila de espera

Com o objetivo de zerar a fila de espera por exames e consultas, a Prefeitura ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.