Home / PARAÍBA / Depois de Fechar leitos na Paraíba, João Azevêdo vai antecipar feriados e fechar tudo por 10 dias

Depois de Fechar leitos na Paraíba, João Azevêdo vai antecipar feriados e fechar tudo por 10 dias

O governador João Azevêdo (Cidadania), disse em entrevista à rádio CBN, nesta quarta-feira (24), que o governo do estado estuda antecipar alguns feriados como medida de enfretamento à Covid-19 na Paraíba.

João Azevedo quer seguir os passos de governadores do Sul que já anunciaram fechamento do comercio por 10 dias.

Vale lembrar que João Azevedo fechou vários leitos de UTI, mesmo tento recebido mais de R$ 21 bilhões do Governo Federal.

O Prefeito de Campina Grande mostra a verdade sobre os Leitos de UTI

“Essa é uma das alternativas que está na mesa neste momento. Nós estamos sim discutindo essa possibilidade, para que a gente possa em um determinado momento, ter uma restrição maior de mobilidade, e os feriados ajudam com isso […]. Uma semana, pelo menos ter uma restrição maior para que na outra semana a gente comece a retomar atividades”, explicou.

Dois feriados que podem ser unidos são o da Semana Santa (sexta-feira santa será celebrada no dia 2 de abril) com o dia de Tiradentes, em 21 de abril. Segundo o governador, caso isso ocorra, o projeto com a antecipação deve ser encaminhado para análise e votação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

João disse que a antecipação de um feriado não prejudica o setor econômico, já que o dia que estava inicialmente programado para não funcionar, esse estabelecimento irá operar normalmente.

“Se você antecipa um feriado, você permite que haja uma diminuição da circulação das pessoas, já que é feriado, e você não prejudica o setor produtivo, porque naquele dia que você antecipou, funcionará normalmente”, disse.

Segundo ele, no entanto, para que uma possível antecipação dos feriados seja efetiva no tocante ao combate ao coronavírus, é preciso ampliar a fiscalização durante esse período.

“Nestas regiões, as medidas restritivas não só têm quem permanecer, como a fiscalização tem que ser aumentada, senão não resolve o problema de manter o isolamento”, explicou.

João Azevêdo disse que se reúne desde a manhã dessa quarta-feira com o comitê gestor da pandemia, para a discussão das novas medidas que serão tomadas em um novo decreto que deve ser publicado até o sábado (27), já que o atual decreto restritivo tem validade até a sexta-feira (26).

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Para continuar gastando sem licitação, João Azevedo renova decreto de calamidade pública na Paraíba por 180 dias

Mesmo com todos os índices de Coronavirus caindo e leitos de UTI sendo desocupados no ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.