Home / HI-TECH / Batmóvel traz batalhas de tanques a ‘Batman: Arkham Knight’

Batmóvel traz batalhas de tanques a ‘Batman: Arkham Knight’

 

Inclusão do veículo é principal novidade de conclusão da série ‘Arkham’.
Jogo será lançado para PlayStation 4 e Xbox One e foi adiado para 2015.

Bruno AraujoDo G1, em Los Angeles (EUA)

 

Vejam o Trailer

A mais recente saga de Batman nos videogames surgiu destacando o lado mais investigativo do homem-morcego, mas vai terminar com o herói usando o Batmóvel para transformar a cidade de Gotham em uma zona de guerra. Principal novidade de “Batman: Arkham Knight”, desfecho da série produzida pelo estúdio Rocksteady, o veículo pode ser usado para travar verdadeiras batalhas de tanques.

G1 jogou uma demonstração do novo “Batman” a portas fechadas durante a E3 2014, feira de games realizada em Los Angeles (EUA) entre 10 e 12 de junho. Felizmente, o Batmóvel é fácil e divertido de dirigir e não acrescenta somente cenas de ação, mas também novos elementos para a solução de quebra-cabeças e os combates corpo a corpo, dois dos pilares da série “Arkham”.

A demo encarrega Batman de invadir uma instalação da Ace Chemicals para resgatar um grupo de operários mantido refém pelo Arkham Knight, personagem criado especificamente para o game. Durante sua rápida aparição, o novo algoz age como um “doppelgänger” de Bruce Wayne, imitando seu traje, algumas de suas tecnologias e aparentando ser um estudioso do homem-morcego.

Usando seu gancho, Batman alcança com facilidade os muros do local, mas encontra um esquadrão de veículos armados e logo precisa do auxílio do Batmóvel. O carro do herói possui dois estilos e basta segurar o gatilho esquerdo do controle para alternar entre os modos de perseguição e de batalha.

Jogador poderá dirigir o Batmóvel em ‘Batman: Arkham Knight’ (Foto: Divulgação/Rocksteady)

No primeiro, o Batmóvel se comporta como um veículo convencional e pode ser usado para navegar pelo mapa da cidade – cinco vezes maior que o de “Arkham City”, segundo a Rocksteady – e catapultar o homem-morcego em alta velocidade. Quando chega a hora da ação, no entanto, o Batmóvel desloca seu eixo traseiro para a horizontal e ganha movimentação lateral, como um moderno tanque de guerra.

Esse detalhe torna o carro do Batman ágil e capaz de se deslocar com rapidez. Com um movimento de esquiva, o Batmóvel desvia dos disparos adversários e fica pronto para usar suas metralhadoras, seu canhão e até um lança-mísseis, que fica disponível após o jogador encadear a destruição de vários inimigos.

É compreensível que os fãs do lado obscuro do homem-morcego levantem as sombrancelhas para esse aspecto do jogo. Mas apesar de destoar completamente do que “Batman: Arkham” foi até agora, dirigir o Batmóvel é empolgante e oferece a mesma noção de impacto dos socos e chutes de Batman.

Guardas do Asilo Arkham, palco do primeiro jogo do Batman feito pela Rocksteady, também aparecem em imagem de 'Arkham Knight' (Foto: Divulgação/Rocksteady)
Guardas do Asilo Arkham, palco do primeiro jogo do Batman feito pela Rocksteady, também aparecem em imagem de ‘Arkham Knight’ (Foto: Divulgação/Rocksteady)

Novos Batnocautes
O combate mano a mano, uma das principais características da série, aliás, segue dependendo de combinações bem colocadas de golpes em “Arkham Knight”, mas há novidades. Além de ser possível finalizar os inimigos usando o Batmóvel, que nesses casos substitui a munição de suas armas por balas de borracha, o jogador conta com a ajuda dos cenários e de um novo tipo de nocaute em câmera lenta.

Em certo ponto, após usar o Batmóvel para ganhar impulso e se esconder dentro de um tubo de ventilação, Batman olha na direção de um adversário e aciona o “fear takedown”. Com esse recurso, o jogo ganha um estado de “bullet time” e o homem-morcego consegue sair do seu esconderijo para finalizar mais de um inimigo em sequência (e de forma estilosa).

Quando o tempo volta ao normal, um adversário restante encontra seu destino em um painel de energia na parede. As interações com os ambientes agora podem ser acionadas separadamente dos demais movimentos, acrescentando uma nova camada de golpes para o homem-morcego.

Todas essas novas opções e estratégias de combate são embaladas por um dos melhores exemplos de visual de alta definição. Das texturas da armadura de Batman, mais imponente e atlética do que nos jogos anteriores, aos efeitos de iluminação e chuva nos cenários, “Arkham Knight” é um desbunde gráfico e torna a experiência de ser o homem-morcego ainda mais sombria e arrepiante.

E se o homem-morcego deve revisitar – pela terceira vez, dependendo de quantos jogos da série você jogou – vários pontos de Gotham City, há indícios fortes de que a Rocksteady consiga fazer isso em “Arkham Knight” da maneira mais fulminante possível.

“Batman: Arkham Knight” terá versões para PlayStation 4 e Xbox One. Originalmente com lançamento previsto para outubro, o jogo foi adiado para 2015.

Sobre Hudson Almeida

Veja Também

WhatsApp começa a liberar chamadas em grupo

Durante a F8 deste ano, Mark Zuckerberg confirmou que o WhatsApp receberia chamadas em grupo, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.