Home / PARAÍBA / Cabaceiras tem temperatura mais baixa do ano na Paraíba, diz Aesa

Cabaceiras tem temperatura mais baixa do ano na Paraíba, diz Aesa

Termômetros marcaram temperatura de 14,5ºC nesta sexta-feira (20).
Segundo Aesa, Cariri se caracteriza por frio durante as madrugadas.

Cabaceiras_PB

A temperatura mais baixa do ano na Paraíba foi registrada nesta sexta-feira (20) na cidade de Cabaceiras, localizada na região do Cariri, a cerca de 200 quilômetros de João Pessoa. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), os termômetros marcaram 14,5º C

Até a quinta-feira, o título de temperatura mais fria de 2014 pertencia ao município de Monteiro, também no Cariri, onde o setor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa anotou 14,6ºC. Essa baixa na temperatura ocorreu no dia 26 de maio.

“Essa região se caracteriza pela amplitude térmica, com quedas significativas durante as madrugadas. Nessa época do ano, em noites que o céu tem poucas nuvens, a radiação solar acumulada durante o dia escapa e aí acontecem os resfriamentos”, explicou a meteorologista Marle Bandeira.

Inverno
A temperatura mais baixa do ano foi registrada um dia antes do início do inverno, que começa no sábado (21) às  7h51. Segundo a Aesa, também foram registradas temperaturas frias em outras cidades: Monteiro (15,7ºC), Sumé (16,6ºC), Sousa (17,2ºC), Campina Grande (17,3ºC), Areia (18,1ºC), Patos (20,5ºC) e João Pessoa (21,8ºC).

“Mesmo não implicando em mudanças bruscas no clima, a chegada do inverno na Paraíba tem como características marcantes as baixas temperaturas no Cariri e Brejo, onde a sensação térmica pode chegar aos 13ºC e 15ºC, respectivamente; e a maior ocorrência de chuvas na faixa leste do Estado”, completou Marle Bandeira, lembrando que a previsão pluviométrica para o inverno é de chuvas dentro da média.

O boletim meteorológico da Aesa, emitido às 9h desta sexta-feira prevê chuvas ocasionais no Litoral nas próximas 24 horas.

Sobre Hudson Almeida

Veja Também

TJPB sequestra recursos de 26 prefeituras

O desembargador Joás de Brito determinou o sequestro de recursos de 26 prefeituras paraibanas para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.