Home / POLICIAL / Violência: Santa Rita está na 1ª colocação na Paraíba e 16ª no Brasil

Violência: Santa Rita está na 1ª colocação na Paraíba e 16ª no Brasil

Violencia2

Seis municípios da Paraíba estão entre as 100 cidades brasileiras com a maior taxa de homicídios do país. O ranking, divulgado ontem, compõe a pesquisa “Mapa da Violência 2014 – Os jovens do Brasil” e listou os casos ocorridos nos municípios com mais dez mil habitantes entre os anos de 2008 até 2012.

Conforme o estudo, o município de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, foi o que apresentou a situação mais preocupante, ocupando a 16ª colocação no Brasil e o primeiro no Estado.

Os casos de assassinatos em Santa Rita passaram de 50, em 2008, para 129, em 2012, o que representa uma taxa de crescimento de 105,7%. Segundo a pesquisa, o município está no grupo das 18 cidades brasileiras que ultrapassam os 100 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes, fato considerado grave pelo autor da pesquisa, Julio Jacobo Waiselfiz.

Entre o total de assassinatos ocorridos na cidade de Santa Rita no ano de 2012 está a morte de um homem, ocorrida na noite de 7 de dezembro daquele ano. Um jovem, na época não identificado e aparentando idade entre 20 e 25 anos, foi morto a pauladas e teve a cabeça decapitada. O crime foi registrado no bairro do Marco Moura e, segundo informações repassadas pela Polícia Civil à reportagem, a vítima teria sido torturada, arrastada por mais de 200 metros e teve o corpo parcialmente enterrado. Ainda na época do crime, havia a possibilidade de a vítima ter sido decapitada ainda em vida.

Entre a noite que ocorreu esse crime e a manhã do dia 8 de dezembro de 2012, outros dois homens foram assassinados na capital em menos de uma hora e o ano terminou com o saldo de 568 homicídios na cidade.

Segundo o Mapa da Violência 2014, a capital é a sexta cidade no Estado e a 61ª no país com a taxa de homicídios mais alta naquele ano, com 76,5 mortes para cada 100 mil habitantes.

Antes disso, a pesquisa lista os municípios paraibanos do Conde (2º no Estado e 26º no país), Mari (3º no Estado e 38º no país), Cabedelo (4º no Estado e 46º no país) e Patos (5º no Estado e 57º no país).

Além dessas seis cidades, outras quatro completam a lista dos dez municípios paraibanos que aparecem na pesquisa. São elas: Campina Grande, Brejo do Cruz, Lucena e Uiraúna. No total, a pesquisa lista 85 municípios paraibanos.

Sobre a situação da violência em Santa Rita, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que a gestão está reestruturando o sistema de saúde e de educação do município para diminuir a vulnerabilidade social da população. Segundo a assessoria, a prefeitura está com investimentos na recreação e práticas esportivas nas escolas. Contudo, a assessoria considera pequeno o efetivo policial que atua na cidade.

CAMPINA GRANDE

Apesar de não estar na lista das 100 mais violentas do país, a taxa de homicídios de Campina Grande em 2012 chegou a ultrapassar a proporção de 50 homicídios por grupo de 100 mil habitantes. Segundo o Mapa da Violência, a taxa de homicídios registrada no referido ano foi de 57,4, ocupando a posição 181 no ranking nacional. Já entre os municípios paraibanos, a cidade é a sétima colocada em número de assassinatos.

Ainda de acordo com a pesquisa, entre os anos de 2008 e 2012 foram registrados 982 homicídios na cidade, sendo justamente 2012 o ano com maior número de crimes (224).

Redação com Jornal da Paraíba

Veja Também

PAVOR E MEDO: Em fuga, faxineira pula de sacada de apartamento de advogado após ser estuprada – VEJA VÍDEO

Imagens das câmeras de segurança registraram a movimentação da faxineira, vítima de estupro, na sacada ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.