Home / CIDADES / Com salários em atraso, Prefeitura incha folha com prestadores, saltou de 365 em janeiro para 616 no mês de março

Com salários em atraso, Prefeitura incha folha com prestadores, saltou de 365 em janeiro para 616 no mês de março

image

Nem mesmo a crise econômica que atinge o país, impediu a prefeitura de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa, de aumentar, em 69%, o número de prestadores de serviço em apenas dois meses este ano.

De acordo com o sistema Sagres, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), o número de servidores contratados por excepcional interesse público saltou de 365, em janeiro, para 616 no mês de março. Este é o último mês disponível para consulta no site.

image

O município vem enfrentando dificuldades para pagar os servidores públicos. Informações dão conta, por exemplo, que os professores da rede municipal estão sem receber o valor custeado pela Prefeitura – 50% – desde o mês de dezembro.

Outras categorias também estão com os salários em atraso, como vigilantes e agentes de trânsito. Os vigilantes, por exemplo,  estão com dois meses de atraso. O atraso também atinge servidores contratados, como coveiros e motoristas.

A dificuldade também compromete serviços essenciais realizados pela Prefeitura. Na última sexta-feira (20), garis que trabalham na empresa de coleta de lixo protestaram contra o atraso de salários. Informações dão conta que a empresa está alegando não receber o repasse da Prefeitura e por isso não teria como bancar os salários dos trabalhadores. A empresa estaria há oito meses sem receber da Prefeitura.

MaisPB

Veja Também

DITADURA: Única prefeitura gerida pelo PT na PB, adota exigência de vacinação contra Covid-19 para servidores municipais

A prefeitura de Picuí, única administrada pelo Partido dos Trabalhadores na Paraíba, adotou a exigência ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.