Home / PARAÍBA / Talonários eletrônicos começam a ser utilizados em fiscalização na Paraíba

Talonários eletrônicos começam a ser utilizados em fiscalização na Paraíba

image

O comandante do BPTran, o tenente-coronel Almeida Martins, disse que o equipamento será utilizado nas operações.

O talonário eletrônico começou a ser utilizado para cobrança de multas nas rodovias da Paraíba. A nova tecnologia implantada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) vai garantir mais segurança nas rodovias e otimizar o trabalho de fiscalização. Em João Pessoa, o Batalhão de Policiamento do Trânsito (BPTran) realizou uma blitzen inaugural nesta quinta-feira (30), na Avenida Hilton Souto Maior. Os talonários eletrônicos cobrirão toda a Paraíba, eliminando possíveis equívocos na aplicação das multas.

De acordo com a tenente Alecsandra de Pontes, chefe de Estatística do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), todas as companhias do estado já estão com o aparelho e já está autorizado o seu uso. “a partir de hoje as guarnições já saíram com os talonários eletrônicos”, disse a tenente, na sexta-feira.

O comandante do BPTran, o tenente-coronel Almeida Martins, disse que o equipamento será utilizado nas operações. “As operações são as normais de sempre, chamadas operação Moto Segura, Moto Legal, Impacto, Sossego, essas operações que já são desencadeadas pela Secretaria de Segurança e Defesa Social. O ingrediente diferencial é sair do papel para a tecnologia”, frisou. De acordo com o coronel, a nova tecnologia já tem surtido efeito na redução da margem de erro, com uma relevante diminuição no índice de perdas.

O talonário possibilita não apenas mais agilidade ao trabalho e menos erros nas autuações, como também mais segurança, já que é possível consultar informações dos condutores e dos veículos, restrições judiciais e até mandados de prisão em aberto.

“Com o talonário eletrônico muitas informações são preenchidas automaticamente, quando você coloca uma placa de um veículo, o CPF de uma pessoa, muitas informações já são preenchidas automaticamente, então os erros diminuem bastante, consequentemente diminuindo custo para o Estado”, explicou, pontuando que as blitzen se tornarão mais rápidas e eficientes.

Os talonários foram divididos entre Detran, BPTran e Departamento de Estradas e Rodagem da Paraíba (DER), para fiscalizações nas PBs pelos patrulheiros. A tenente Alecsandra de Pontes destacou que, embora a tecnologia funcione com internet, também funciona sem. “Sem internet também funciona, a gente faz um login do aparelho na base e vamos para a blitzen numa PB, por exemplo. A gente faz a notificação, e quando chegar numa área de cobertura, todas as multas vão automaticamente para o Detran”, esclareceu chefe de Estatísticas da BPTran.

Os equipamentos utilizados para lavrar as infrações de trânsito são ligados a impressoras térmicas e podem operar também no módulo off line.

Veja Também

Auxílio Brasil de R$ 400 criado por Bolsonaro vai beneficiar mais de 600 mil famílias da Paraíba em Janeiro

Pelo menos 601.768 famílias paraibanas vão receber o Auxílio Brasil neste mês de janeiro, conforme ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.