Home / POLICIAL / IMAGENS FORTES: Homem roubou arma e matou PM ao tentar evitar prisão do filho, diz polícia

IMAGENS FORTES: Homem roubou arma e matou PM ao tentar evitar prisão do filho, diz polícia

Vídeo mostra momento em que ele pega arma do coldre e atira; assista.
Atirador também morreu baleado; outras 3 pessoas ficaram feridas, em GO.

PM morre após ter arma roubada e ser baleado, em Itacaiu, distrito de Britânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
PM morre após ter arma roubada e ser baleado, em Itacaiu, distrito de Britânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O homem que roubou a arma do sargento da Polícia Militar Uires Alves da Silva, de 45 anos, e depois o matou estava tentando evitar que o filho fosse preso após uma denúncia de som alto em uma festa, em Itacaiu, distrito de Britânia, no oeste de Goiás. A informação é o do delegado Paulo Roberto Tavares de Brito, que fez o registro do caso. O autor dos disparos, Ismael Pereira de Souza, de 49 anos, também foi morto durante a briga, registrada por uma das pessoas que estava no local (veja vídeo). Um agente e outros dois homens ficaram feridos.

Brito informou que a confusão aconteceu durante um evento esportivo. “Em razão disso, o filho do Ismael estava com o som do carro muito alto. Os policiais foram lá e pediram para ele abaixar. Ele diminuiu e quando os agentes foram embora, ele aumento de novo. Os policias retornaram para prende-lo e começou a briga”, disse o delegado ao G1.

O crime ocorreu na noite de sexta-feira (8). Um vídeo mostra o momento do crime. O dono do carro, de 29 anos, está de camiseta azul listrada e aparece sendo imobilizado pelos policiais e sendo colocado dentro do carro da PM. Uma mulher tenta impedir a ação, gritando que ele não tinha feito nada que justificasse ser preso.
Durante a confusão, Ismael, que vestia camiseta branca e bermuda amarela, se aproxima pelas costas do sargento, pega a arma que estava presa na perna do agente e atira várias vezes na direção dos militares. Uires cai no chão e ainda é baleado novamente.

“Depois dessa situação, o outro policial militar, Hélio Bezerra de Souza, também foi baleado pelo Ismael, mas conseguiu atirar contra ele e mata-lo”, disse o delegado.

Segundo o investigador, o filho do autor dos disparos foi atingido por um tiro na perna e, depois de receber atendimento médico, foi preso. Ele deve responder por homicídio, pois, segundo o delegado, também teve participação no crime. Ele já tem passagem pela polícia por roubo.

O policial baleado foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Ele passou por cirurgia na unidade e o estado de saúde ainda não foi informado.

O corpo de Uires será enterrado no domingo (9), às 11 horas, em Jussara. Já Ismael será sepultado no mesmo dia, mas em Goiânia.

Em nota, a Polícia Militar informou que será instaurado um procedimento administrativo para apurar os fatos.

Veja Também

Tiro acerta celular no bolso da calça de vítima durante tentativa de homicídio no interior de SP

Um homem de 33 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.