Home / POLICIAL / ‘Não queriam bolsas, queriam dinheiro do banco’, diz vítima na UFCG

‘Não queriam bolsas, queriam dinheiro do banco’, diz vítima na UFCG

2686_kkkkk.jpg

”A gente estava descendo do carro quando fomos abordados para sair. Tentamos sair, mas aí mandaram parar e o carro ficou atravessado. Mandaram a gente entrar no banco, a gente entrou” (SIC).

 

Esse é parte do relato de uma das vítimas do bando que assaltou a agência da Caixa Econômica Federal, na manhã desta segunda-feira (29), dentro da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em Campina Grande. No local, houve clientes feitos como reféns e disparos de arma de fogo.

 

Conforme uma das vítimas, ao Correio Debate da Rede Correio Sat, os cerca de 15 bandidos estavam mascarados e ameaçaram atirar em clientes que estavam em veículos e tentavam fugir da UFCG.

 

“Com um tempo eles bandidos mandaram tirar o carro e quando ele uma das vítimas correu para tirar o carro o outro assaltante atirou. Atiraram nele, mas aí não pegou”, contou uma das vítimas.

 

Em outro relato, uma mulher fala que chegou a oferecer a bolsa que possuía para um dos bandidos, mas eles recusaram.

 

“Entreguei a bolsa, mas eles não queriam bolsas, queriam o dinheiro do banco. Muita arma, muito tiro. Muita gente mascarada”, disse a mulher.

 

Segundo apuração da TV Correio, os bandidos chegaram em dois carros, atiraram contra a agência e obrigaram os clientes a deitarem no chão. Enquanto pediam dinheiro, os criminosos ameaçavam todos de morte. A quantia em dinheiro roubada não foi contabilizada.

 

Eles levaram um segurança e o gerente da agência como reféns, mas as duas vítimas já foram liberadas e os dois carros usados no crime também foram encontrados abandonados.

 

A Polícia Federal e a Polícia Militar foram ao local para apurar informações e começam o trabalho para achar os bandidos. Câmeras de segurança serão usadas para localizar suspeitos. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

 

Vários clientes precisaram ser atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para hospitais porque passaram mal com o susto.

 

 

 

Paraíba em Minuto com Portal Correio

 

Veja Também

Adolescente é preso na Inglaterra por matar e tentar decapitar amigo de 11 anos

Caso aconteceu em dezembro de 2020 e permaneceu em anonimato até então pela idade dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.