Home / POLICIAL / Funcionário de escola é preso por vender drogas para alunos na PB

Funcionário de escola é preso por vender drogas para alunos na PB

Um homem e uma mulher foram presos nesta quarta-feira (28) pela manhã por fazerem parte de um esquema que tinha como objetivo traficar drogas dentro da Escola Estadual Cônego Antônio Galdino, no município de Puxinanã.

 

De acordo com a Polícia Militar, com o homem foram encontrados vários papelotes de maconha e uma quantidade maior do entorpecente que ainda seria preparado para ser comercializado. Ele foi pego na escola quando estava trabalhando como auxiliar de serviço gerais.

 

A diretora do local foi acionada para liberar a entrada dos policiais no ambiente escolar. O homem foi identificado como Leonardo José de Souza, 22 anos. O suspeito foi preso e encaminhado para Delegacia de Polícia Civil da cidade de Pocinhos. Uma traficante conhecida como “Lucinha” também foi presa na mesma ocorrência. Ela foi pega em casa.

 

Lucinha é suspeita de abastecer o tráfico dentro do colégio. Dois adolescentes, que estavam nas proximidades da residência de Lucinha, foram apreendidos por realizarem o trabalho de informantes do tráfico.

 

De acordo com a Polícia Civil, a traficante já é bastante conhecida na região de Puxinanã e cidades vizinhas. Ela obrigava os seus “capangas” a roubarem veículos e dias após o crime pedia dinheiro aos verdadeiros proprietários para devolver os bens tomados de assalto.

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

TRF-3 mantém condenação para o Ex-presidiário Lula pagar quase R$ 830 mil em honorários

Ex-presidente é investigado por eventual vantagem ilícita ao não pagar tributos e desviar recursos de entidade sem ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: