Home / MUNDO / Adolescente é preso na Inglaterra por matar e tentar decapitar amigo de 11 anos

Adolescente é preso na Inglaterra por matar e tentar decapitar amigo de 11 anos

Caso aconteceu em dezembro de 2020 e permaneceu em anonimato até então pela idade dos envolvidos

Marcel Grzeszcz tinha 15 anos quando cometeu o crime

Nesta segunda-feira, dia 8, um adolescente de 16 anos foi julgado por matar e tentar decapitar seu amigo de 11 anos na Inglaterra

Marcel Grzeszcz esfaqueou cerca de 70 vezes Robert Buncis no dia 12 de dezembro do ano passado, dois dias antes do garoto completar o 12º aniversário. O crime aconteceu na região de Lincolnshire, leste do país, e só teve o nome do responsável revelado hoje por decisão da Justiça. De acordo com a polícia, uma das facadas que atingiu o pescoço de Robert era “consistente com uma tentativa de decapitação”. Grzeszcz admitiu homicídio culposo no julgamento, mas negou o assassinato.

Em seu depoimento, o adolescente disse que a vítima levou a faca até o local onde os dois estavam e ele tinha “perdido o controle” quando Robert tentou esfaqueá-lo. Porém, os jurados rejeitaram seu argumento.

O juiz Jeremy Baker definiu o ataque como ‘selvagem e brutal’. “Houve um grau significativo de planejamento e premeditação, incluindo atrair o falecido para a cena e levar a faca com você quando o encontrasse”, disse o magistrado no Tribunal.

Após a audiência, o detetive inspetor-chefe Richard Myszczyszyn, disse que o caso funcionou como uma ‘lição dura e assustadora sobre a potencial devastação do crime com faca’. Ele acrescentou: “O ato foi totalmente sem sentido e as consequências devastadoras. Será lembrado por oficiais e funcionários como um dos piores e mais tristes casos de que já lidamos”.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

ALERTA EM VARIOS PAISES: Erupção de vulcão submarino provoca tsunami em Tonga

Fenômeno gerou ondas de mais de um metro, com riscos de atingirem a costa dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.