Home / MUNDO / Meninos começam a sair de caverna na Tailândia; 6 já foram resgatados

Meninos começam a sair de caverna na Tailândia; 6 já foram resgatados

Integrantes das equipes de resgate em área inundada da caverna onde os 12 meninos e seu treinador estão presos na Tailândia
Integrantes das equipes de resgate em área inundada da caverna onde os 12 meninos e seu treinador estão presos na Tailândia Foto: AFP PHOTO / ROYAL THAI NAVY

CHIANG RAI, Tailândia – Autoridades tailandesas anunciaram na manhã deste domingo o resgate dos primeiros dos 12 meninos de uma equipe de futebol presos em uma caverna junto com seu treinador há mais de duas semanas.

A perigosa operação teve início na madrugada deste sábado para domingo no Brasil, já manhã de domingo no horário local, e pode levar ainda dois ou três dias para que todos sejam retirados do local onde estão refugiados na caverna parcialmente inundada.

Até às 10h da manhã deste domingo (horário de Brasília), já seriam seis os meninos resgatados, informou à agência de notícias Reuters um integrante das equipes médicas que participam da operação.

– Dois meninos estão fora. No momento eles estão no hospital de campanha junto à caverna – afirmou mais cedo, também à Reuters, Tossathep Boonthong, chefe do Departamento de Saúde da província de Chiang Rai, onde fica o complexo de cavernas, e integrante das equipes de resgate. – Estamos os examinando e eles ainda não foram removidos para o hospital de Chiang Rai.

Segundo o site do jornal tailandês “Bagkok Post”, um dos meninos resgatados é Mongkol Boonpiem, de 13 anos. Já o segundo ainda não foi identificado. Ainda de acordo com a publicação tailandesa, eles teriam sido levados de helicóptero para o Hospital Chiangrai Prachanukroh, na região, onde as famílias deles os aguardam.

Mas mais meninos também já podem ter sido resgatados. De acordo com a rede de TV americana CNN, três deles já teriam saído da caverna, enquanto a agência de notícias AFP diz que outros quatro deles chegaram à base da operação de resgate próxima à entrada da caverna, de onde poderiam sair à pé.

– Quatro jovens alcançaram a terceira galeria, onde fica a base de socorro, e podem sair a pé – afirmou à AFP Kongcheep Tantrawanit, porta-voz do Ministério da Defesa da Tailândia.

Citado pela rede britânica BBC, o jornalista Florian Witulski informa que um médico australiano que participa dos esforços de resgate decidiu aproveitar a melhoria nas condições de inundação da caverna para retirar os meninos mais enfraquecidos logo do local. Ainda de acordo com Florian, equipes de resgate na entrada da caverna dizem que o nível da água baixou tanto que trechos em que seria necessário nadar podem ser percorridos à pé, ao menos por enquanto.

MERGULHADORES TAILANDESES E ESTRANGEIROS NO RESGATE

A operação de resgate tem a participação de cinco integrantes das forças especiais da Marinha tailandesa e 13 mergulhadores estrangeiros com experiência em espeleologia que seguem para o local onde estão os jovens, informou mais cedo Narongsak Osottanakorn, governador da província de Chiang Rai e líder da célula de crise que está coordenando a operação de resgate, que afirmou hoje ser o “dia D” para salvar o grupo.

O trajeto na caverna de Tham Luan tem vários quilômetros e inclui passagens estreitas e trechos sob a água. A morte de um ex-mergulhador da Marinha tailandesa na sexta-feira durante uma operação de abastecimento mostra o nível de perigo da travessia. Vários dos meninos, com idades entre 11 e 16 anos, não sabem nadar e nenhum deles já praticou mergulho.

No momento, um mergulhador experiente precisa de 11 horas para fazer uma viagem de ida e volta até o local em que estão os meninos e o técnico: seis para ir e cinco para voltar, graças à ajuda da corrente. Ainda assim, as autoridades tailandesas estão otimistas quanto ao resgate. A célula de crise considera que as condições atuais para um resgate são “perfeitas”, especialmente no que diz respeito ao nível da água na caverna.

– Sairão um por um. Isto vai durar dois ou três dias – afirmou Chalongchai Chaiyakorn, outro integrante da célula de crise.

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Alunos brancos posam para foto pisando em colega negro como uma ‘piada’, nos EUA

Uma foto que mostra seis estudantes brancos colocando seus pés sobre um adolescente negro da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.