Home / MUNDO / Operação combate quadrilha que escondia cocaína em contêineres com destino à Europa

Operação combate quadrilha que escondia cocaína em contêineres com destino à Europa

Carregamento de droga chega à sede da PF no Rio
Carregamento de droga chega à sede da PF no Rio Foto: Reprodução

A Polícia Federal, com apoio da Capitania Dos Portos, da Aeronáutica e da Receita Federal do Brasil, deflagrou a Operação Aegir, na manhã desta quarta-feira, com o objetivo de combater o tráfico internacional de drogas com foco no transporte marítimo.

 

O foco da ação é uma organização criminosa responsável pela “contaminação” de contêineres a bordo de navios de carga para o envio de cocaína para a Europa em meio a cargas lícitas. São 18 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Paraíba. Cerca de 200 policiais federais participam da ação.

 

De acordo com a Polícia Federal, o método com que a organização criminosa operava o tráfico internacional de drogas é o chamado “Rip-load (rip on) / Rip-off”, “içamento” ou “pescaria” que consiste, basicamente, em levar a carga de drogas para dentro de navios ancorados nos portos com a ajuda de uma pequena embarcação que se aproxima do seu bordo externo (voltado para o mar, e por isso fora visão dos funcionários em terra).

 

O sistema permite que os estivadores que estão no convés do navio transbordem a droga com o auxílio de cordas e contaminem os contêineres que haviam sido previamente escolhidos de acordo com o destino da remessa de cocaína.

 

O nome da operação remete à mitologia nórdica. Aegir era o deus dos mares e oceanos. Ele era ao mesmo tempo cultuado e temido pelos marinheiros, pois estes acreditavam que ele aparecia na superfície para tomar homens e cargas e levá-los para seu salão no fundo do oceano.

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

‘Quando ele me colocou no corredor, achei que fosse morrer’, diz 15ª mulher a acusar João de Deus de abuso sexual

João de Deus durante atendimento em Abadiânia Foto: Daniel Marenco/06.07.2018 As denúncias contra João Teixeira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.