Home / PARAÍBA / Larissa Pereira entra para o rodízio fixo do JN

Larissa Pereira entra para o rodízio fixo do JN

O Jornal Nacional, a partir de 2020, vai contar com a âncora do JPB2, da TV Cabo Branco, Larissa Pereira, na equipe oficial de plantonistas que substitui William Bonner e Renata Vasconcellos aos sábados.

Na tarde desta sexta-feira (6), a paraibana recebeu a notícia do novo desafio. Dentre as participantes do projeto ‘JN 50 anos’, ela foi a terceira, até o momento da postagem desta matéria, a ser convidada para integrar o quadro da bancada.

Além de Larissa Pereira, Aline Aguiar e Jéssica Senra também estão na equipe oficial de plantonistas do JN.  — Foto: Programação

Além de Larissa Pereira, Aline Aguiar e Jéssica Senra também estão na equipe oficial de plantonistas do JN. — Foto: Programação

Em novembro, a jornalista esteve à frente do Jornal Nacional representando a Paraíba e a Rede Paraíba de Comunicação para todo o país.

Com segurança e profissionalismo, Larissa Pereira conseguiu estender a representatividade do jornalismo profissional do estado e adquirir mais uma conquista que reforça a credibilidade das TVs Cabo Branco e Paraíba.

Larissa recebeu treinamento para estar na bancada do Jornal Nacional, em Novembro, antes da sua estreia no telejornal.  — Foto: Rede Globo

Larissa recebeu treinamento para estar na bancada do Jornal Nacional, em Novembro, antes da sua estreia no telejornal. — Foto: Rede Globo

Mesmo com o convite, Larissa Pereira continua no comando do JPB2, na TV Cabo Branco, logo após a novela das seis.

Larissa Pereira  — Foto: Ronyery Nascimento.

Larissa Pereira — Foto: Ronyery Nascimento.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Associação dos Magistrados sai em defesa do desembargador Márcio Murilo e rechaça nota de repúdio da OAB-PB

Postagem em rede social do desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos causou a indignação da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.