Home / MUNDO / Inglês é condenado após forçar mulher a tatuar que era ‘propriedade’ dele

Inglês é condenado após forçar mulher a tatuar que era ‘propriedade’ dele

Inglesa foi forçada a tatuar que era 'propriedade' do companheiro
Inglesa foi forçada a tatuar que era ‘propriedade’ do companheiro Foto: Reprodução

Aaron James Wharton, de 31 anos, foi condenado recentemente em Northampton (Inglaterra) a 1 ano e 9 meses de prisão após submeter a mulher, Nicola Frost, de 32, a cinco anos de abusos.

Além de agredir fisicamente Nicola várias vezes, o condenado obrigou a companheira a tatuar o nome dele nove vezes, em várias partes do corpo. Em uma delas, foi escrito “Propriedade de A J Wharton”.

As tatuagens serviam, de acordo com Nicola, para que “ninguém mais a tocasse”.

No processo, Nicola afirma que o ex-marido a afastou dos amigos e que ela tinha que pedir permissão para ir a shoppings.

Após ser atacada, em 2018, a inglesa resolveu sair de casa.

“O primeiro ano foi perfeito, ele me tratava como uma princesa. Os cinco seguintes foram um inferno”, desabafou Nicola, em reportagem do “Sun”.

Aaron e Nicola: 'Primeiro ano perfeito'
Aaron e Nicola: ‘Primeiro ano perfeito’ Foto: Reprodução

Para recuperar a “propriedade”, Aaron propôs oficializar o casamento, mas ela não aceitou. O fato deixou o inglês revoltado e, em fevereiro do ano passado, ele entrou na casa de Nicola de madrugada e, diante dos dois filhos que teve com ela, agrediu brutalmente a ex-companheira.

“Durante minutos ele me deu socos no rosto. Cortou o meu rosto com uma faca. Se não estivesse bêbado e acabasse apagando, acho que eu não estaria aqui hoje”, relatou.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

MAIS UMA DERROTA DA LACRAÇÃO: Travesti sofre derrota na Justiça e é condenada a pagar mais de R$ 15 mil a Sikêra Jr

A modelo transexual Viviany Beleboni, acaba de ser condenada a pagar multa de R$ 15,6 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.