Home / CIDADES / Prefeita Luciene consegue desbloqueio de FPM na justiça, deixado por Interino Jefferson Kita

Prefeita Luciene consegue desbloqueio de FPM na justiça, deixado por Interino Jefferson Kita

Bayeux foi um dos 74 municípios paraibanos que teve recursos sequestrados na quinta-feira (10) pelo Tribunal de Justiça da Paraíba para pagamento de parcelas atrasadas de precatórios.

O ex-prefeito interino Jefferson Kita fez um acordo com o TJPB e não cumpriu, o descumprimento resultou no bloqueio de um elevado montante do FPM que poderia prejudicar outras áreas da administração municipal.

A procuradoria jurídica da Prefeitura de Bayeux entrou com um mandado de segurança solicitando o desbloqueio dos valores, e em decisão inédita, conseguiu a liberação e devolução imediata ao cofres públicos, sendo Bayeux o único município a conseguir reverter o sequestro dos recursos.

Na decisão, o desembargador Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, apontou que o sequestro da quantia inviabilizava a continuidade da prestação de serviços públicos essenciais, fornecedores,  pagamentos de funcionários e do décimo terceiro do servidor público municipal.

A decisão afirma ainda que não foi oportunizado a prefeita Luciene Gomes à apresentar um novo plano para pagamento dos precatórios em atraso, uma vez que, não existiu qualquer notificação à chefe do poder executivo.

Atuaram na conquista da decisão judicial, o Procurador Geral do Município Eduardo Silva, Procurador Geral Adjunto José Hermano, além dos procuradores assessores Cecílio da Fonseca Vieira Ramalho Terceiro, Nelson de Oliveira Soares e José Alexandre Nunes Neto.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

PARCERIA: Secretaria de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Turismo de Bayeux, busca parcerias com o Governo do Estado

A Prefeitura de Bayeux, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Turismo, participou ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.