Home / GERAL / Governo Federal antecipa parcela de agosto do Auxílio Brasil; veja calendário

Governo Federal antecipa parcela de agosto do Auxílio Brasil; veja calendário

calendário de pagamento do Auxílio Brasil referente ao mês de agosto foi antecipado pelo governo federal. Os benefícios começarão a ser pagos no dia 9, conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). Será o primeiro mês em que os beneficiários vão receber R$ 600, em vez de R$ 400. Confira abaixo.

A mudança foi publicada no Diário Oficial da União, por meio da Instrução Normativa 18, do Ministério da Cidadania.

Confira as datas de agosto:

NIS de final 1 – 9 de agosto

NIS de final 2 – 10 de agosto

NIS de final 3 – 11 de agosto

NIS de final 4 – 12 de agosto

NIS de final 5 – 15 de agosto

NIS de final 6 – 16 de agosto

NIS de final 7 – 17 de agosto

NIS de final 8 – 18 de agosto

NIS de final 9 – 19 de agosto

NIS de final 0 – 22 de agosto

Vale-gás

Em agosto, os beneficiários do vale-gás dentro do Auxílio Brasil vão receber também 100% do valor, em vez de 50% do preço médio nacional do botijão de 13kg considerando os últimos seis meses, como vinha sendo pago. A média é calculada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

vale-gás de 100% será pago apenas nos meses de agosto, outubro e dezembro de 2022. Depois disso, o valor voltará a ser de 50%.

Cronograma antigo mantido para outros meses

Vale destacar também que o cronograma de pagamentos para os meses de setembro a dezembro não foi alterado. As datas serão as mesmas já divulgadas no início do ano.

Os benefícios serão liberados na segunda quinzena de cada mês, como já acontecia. No caso específico de dezembro, os saques poderão ser feitos um pouco antes, entre os dias 12 a 23, por conta das festas de fim de ano. Confira as datas abaixo.

A previsão é que o valor de R$ 600 seja pago somente até dezembro de 2022.

Calendário de setembro

NIS de final 1 – 19 de setembro

NIS de final 2 – 20 de setembro

NIS de final 3 – 21 de setembro

NIS de final 4 – 22 de setembro

NIS de final 5 – 23 de setembro

NIS de final 6 – 26 de setembro

NIS de final 7 – 27 de setembro

NIS de final 8 – 28 de setembro

NIS de final 9 – 29 de setembro

NIS de final 0 – 30 de setembro

Calendário de outubro

NIS de final 1 – 18 de outubro

NIS de final 2 – 19 de outubro

NIS de final 3 – 20 de outubro

NIS de final 4 – 21 de outubro

NIS de final 5 – 24 de outubro

NIS de final 6 – 25 de outubro

NIS de final 7 – 26 de outubro

NIS de final 8 – 27 de outubro

NIS de final 9 – 28 de outubro

NIS de final 0 – 31 de outubro

Calendário de novembro

NIS de final 1 – 17 de novembro

NIS de final 2 – 18 de novembro

NIS de final 3 – 21 de novembro

NIS de final 4 – 22 de novembro

NIS de final 5 – 23 de novembro

NIS de final 6 – 24 de novembro

NIS de final 7 – 25 de novembro

NIS de final 8 – 28 de novembro

NIS de final 9 – 29 de novembro

NIS de final 0 – 30 de novembro

Calendário de dezembro

NIS de final 1 – 12 de dezembro

NIS de final 2 – 13 de dezembro

NIS de final 3 – 14 de dezembro

NIS de final 4 – 15 de dezembro

NIS de final 5 – 16 de dezembro

NIS de final 6 – 19 de dezembro

NIS de final 7 – 20 de dezembro

NIS de final 8 – 21 de dezembro

NIS de final 9 – 22 de dezembro

NIS de final 0 – 23 de dezembro

Consulta

Para consultar a situação do benefício, basta acessar o aplicativo Auxílio Brasil, aplicativo Caixa Tem ou ligar para telefone 111. Em caso de dúvidas, o beneficiário também pode entrar em contato com o Ministério da Cidadania, pelo telefone 121.

Saques

Tanto o Auxílio Brasil quanto o vale-gás continuarão sendo sacados com o novo cartão com chip do programa social (que vem sendo entregue aos novos beneficiários, com previsão de atender 6,6 milhões de famílias) ou com o cartão do antigo Bolsa Família. Os beneficiários também podem utilizar o app Caixa Tem para pagamentos de contas e transferências bancárias.

A retirada é feita em agências da Caixa, correspondentes bancários e casas lotéricas de todo o país.

Elegibilidade

O Auxílio Brasil é destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social: cidadãos em situação de extrema pobreza (renda mensal de ate R$ 105 por integrante da família) ou pobreza (renda mensal individual de até R$ 210).

Para fazer jus ao pagamento, as famílias precisam se enquadrar nos critérios e ter os dados atualizados no Cadastro Único nos últimos 24 meses. As informações declaradas não podem ser divergentes das de outras bases de dados federais.

“A seleção é feita de forma automática, considerando a estimativa de pobreza, a quantidade de famílias atendidas em cada município e o limite orçamentário anual do Auxílio Brasil, por meio do Sistema de Benefícios ao Cidadão (Sibec)”, explica o Ministério da Cidadania.

Paraíba em Minuto com Hudson Almeida

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

Ministros do STF vão votar amanhã aumento dos próprios salários e causam revolta na web

Foto Reprodução/Internet O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, marcou para esta ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: