Home / BRASIL / Diretora de creche é procurada pela PF por desviar mais de R$ 6 milhões do Fundeb para cigarros e remédio para libido

Diretora de creche é procurada pela PF por desviar mais de R$ 6 milhões do Fundeb para cigarros e remédio para libido

Polícia busca por diretora de creche na Rocinha acusada de desviar dinheiro do Fundeb
Polícia busca por diretora de creche na Rocinha acusada de desviar dinheiro do Fundeb Foto: Divulgação

Trinta policiais federais fazem operação em endereços localizados na Rocinha contra o desvio de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). É investigada a diretora de uma creche da comunidade, na Zona Sul no Rio, que teria movimentado R$ 6.217.531,00 de forma suspeita, entre 2018 e 2021.

Segundo a Polícia Federal, parte desta quantia era proveniente de programas federais de apoio à educação. Dinheiro era usado para viagens e compras de bebidas alcoólicas, cigarros, remédio para controle de colesterol, perfume importado e até composto natural para aumento de libido.

São dois mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro. A investigação que deflagrou a “Operação Desfralde” começou em 2021, por informações repassadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Além de aparecer como principal beneficiária das transferências bancárias, a diretora da instituição realizou diversas movimentações para a conta dela e de seu companheiro. Os dois serão indiciados pelos crimes de peculato e estelionato majorado, cujas penas somadas podem chegar a 18 anos de reclusão.

O dinheiro era usado para viagens de lazer e compras incompatíveis com o consumo de uma instituição de educação infantil como bebidas alcoólicas, cigarros, remédio para controle de colesterol, perfume importado e até composto natural para aumento de libido.

A diretora também é investigada por falsificação de documentos para forjar o número de crianças atendidas pela instituição e garantir o aumento de repasses de verbas públicas.

A Justiça determinou o sequestro do imóvel em que funciona a creche, mas a Secretaria municipal de Educação continuará usando o local como creche para não interromper o atendimento às crianças da comunidade.

Paraíba em Minuto com Hudson Almeida

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

VAI CORRER DE NOVO? Comissão do Senado aprova novo convite a Alexandre de Moraes 

Colegiado quer que o ministro do STF preste esclarecimentos sobre inquérito das Fake News e ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: