Home / POLITICA / Tudo em Casa: Prefeito interino de Cabedelo nomeia esposa para a Procuradoria do município

Tudo em Casa: Prefeito interino de Cabedelo nomeia esposa para a Procuradoria do município

Apesar de ter sido questionado pela escolha, Vitor Hugo explicou que a nomeou por confiar em seu perfil técnico

Vitor Hugo e Daniella Roncon.Foto: Reprodução/Internet
O prefeito interino de Cabedelo, Vitor Hugo, divulgou a lista de auxiliares que passam a compor sua gestão. Contudo, um deles é a sua esposa Daniella Roncon.

 

Ela foi nomeada para a Procuradoria do município. Apesar de ter sido questionado pela escolha, Vitor Hugo explicou que a nomeou por confiar em seu perfil técnico.

 

“No atual momento de insegurança jurídica vivido por Cabedelo, eu não poderia confiar a outra pessoa os destinos da minha cidade. Daniella é reconhecidamente uma das maiores advogadas de todo o Estado e claro, detém a minha total confiança. Ela nos dará total respaldo para realizar uma gestão correta e que atenda os anseios da população”, disse em nota.

 

Foram nomeados ainda:

 

Ação social – Cyntia Cordeiro
Administração – Adriano Sérgio
Articulação Policita- André Luís
Comunicação Social – Leandro Borba
Cultura – Igobergh Barbosa
Esporte, Lazer e Juvetude – Mauricio Santos
Infra estrutura – Ademar dos Santos
Junta Militar – Pedro Florencio
Procuradoria – Daniella Ronconi
Saúde – Wagner Suassuna
Transporte – Wellington Brito
Licitação – Carlos Antônio

 

Operação Xeque-Mate – Recentemente, a cidade de Cabedelo foi alvo de ação conjunta entre a Polícia Federal e o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público estadual.

 

A Operação Xeque-Mate foi deflagrada na manhã do dia 3 de abril. Durante o inquérito policial, foram constatadas práticas ilícitas, tais como cargos fantasmas, doação de terrenos, utilização de interpostas pessoas para ocultação patrimonial, controle do Legislativo municipal por parte do prefeito, através do empréstimo de dinheiro para campanhas políticas, condicionado à assinatura de “cartas renúncia”, entre outras acusações.

 

No mesmo dia, o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) determinou o afastamento cautelar do cargo de 84 servidores públicos e agentes políticos do município, incluindo o prefeito, vice-prefeito, o presidente e a vice-presidente da Câmara, além de vereadores em virtude da suspensão do exercício de suas funções públicas.

 

 

Do Portal T5

 

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

PESQUISA DATAPODER: Bolsonaro tem 64% e Haddad, 36% das intenções de voto

Pesquisa DataPoder360 nos dias 17 e 18 de outubro de 2018 (últimas 4ª e 5ª feiras) indica ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.