Home / ESPORTE / Em reportagem do Fantástico, atletas acusam ex-técnico da seleção brasileira de ginástica de abuso sexual

Em reportagem do Fantástico, atletas acusam ex-técnico da seleção brasileira de ginástica de abuso sexual

Fernando de Carvalho é acusado de abuso sexual
Fernando de Carvalho é acusado de abuso sexual Foto: Ricardo Bufolin / CBG

Há quase dois anos, o técnico de ginástica artística Fernando de Carvalho Lopes foi desligado da seleção brasileira por causa de uma denúncia de abuso sexual por parte dos pais de um menino menor de idade treinado por ele num clube de São Paulo.

 

Ontem, reportagem do “Fantástico”, da Rede Globo, mostrou que ele não foi o único e deu voz a alguns atletas e ex-atletas que, depois de anos, tiveram coragem de revelar os casos.

 

Ao todo, 40 jovens afirmaram terem sido vítimas de abusos. Destes, 10 levaram o caso à Justiça. O Ministério Público de São Paulo já convocou várias pessoas para prestarem depoimento.

 

Todos acusam o treinador de aproveitar a pouca idade deles e a falta de conhecimento dos processos do treinamento para tocá-los insistentemente. Um dos poucos a falar abertamente sobre o assunto foi Petrix Barbosa, campeão pan-americano por equipes em 2011, em Guadalajara, no México, que pela primeira vez contou sua história.

 

Ele foi um dos inúmeros atletas formados por Fernando, que trabalha há 20 anos com atletas de base, todos homens, no Clube Mesc, em São Bernardo do Campo. Atualmente, o técnico trabalha na parte administrativa:

 

— Já acordei com ele, não sei quantas vezes. com a mão dentro da minha calça — diz Petrix, que hoje treina nos Estados Unidos, mas ficou no clube dos 6 aos 13 anos.

Petrix Barbosa acusa Fernando Carvalho de abuso
Petrix Barbosa acusa Fernando Carvalho de abuso Foto: Pedro Kirilos

Segundo as vítimas, os abusos aconteciam no banheiro, nos treinos físicos e até mesmo fora do ginásio. O medo e a vergonha, no entanto, os impediram de contar à família.

 

As vítimas afirmam que os casos eram de conhecimento de outros técnicos ou responsáveis pelo clube. Todos negam.

 

O acusado também se diz inocente:

 

— Acho que eu tive um problema de ser um cara que muitas vezes misturei, de achar que era mais do um técnico. Então, isso talvez tenha dado uma margem de interpretação errada. Eu tenho minha concsicência limpa no que diz respeito que eu nunca estuprei, que eu nunca molestei ninguém num intuito como está sendo colocado, entendeu?

 

A Confederação Brasileira de Ginástica disse que nunca teve notícias desses fatos.

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Flamengo joga mal, perde para o Cruzeiro e fica em situação delicada na Libertadores

Foi uma noite de festa nesta quarta-feira no Maracanã. Só esqueceram de combinar quem seriam ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.