Home / POLITICA / Pré-candidata Cida Ramos emite nota contra decisão do exército intervir nas manifestações dos Caminhoneiros

Pré-candidata Cida Ramos emite nota contra decisão do exército intervir nas manifestações dos Caminhoneiros

A Pré-candidata Cida Ramos emitiu nota nesta sexta-feira sobre a greve dos caminhoneiros: “Nas crises também surgem os oportunistas. É preciso ter compromisso com a democracia e resolver o conflito”

 

Segue à Nota:

 

Profundamente preocupada com a grave crise gerada pela greve dos caminhoneiros pela medida do governo Temer de reprimir com forças federais aquele movimento, dirijo-me à opinião pública paraibana reafirmando, sempre, meu compromisso com a democracia e as soluções negociadas para resolver os conflitos.

 

A greve dos caminhoneiros foi a fagulha que armou a tempestade perfeita – corrida por combustíveis, confusão em aeroportos e alta nos preços de alimentos. Contudo, o mal-estar já era amplo, geral e irrestrito. O Brasil atravessou o umbral da crise econômica e a situação escalou um novo patamar, de devastação social.

 

Na raiz de tudo, está a grave situação da Petrobras, a maior empresa brasileira. A gestão, que vem se mostrando desastrosa, de Pedro Parente, dolarizou o preço dos combustíveis. Elevou o preço de uma simples unidade de gás de cozinha para 10% do salário mínimo; são 1,2 milhões de brasileiros que voltaram a cozinhar em fogão a lenha.

 

A gasolina aumentou 57% e 225 vezes do governo Temer. Por seu turno, o diesel, objetivo da greve dos caminhoneiros, aumentou 229 vezes.

 

Some-se a essas medidas contra economia popular, o dado que o governo Temer vem destruindo a cadeia nacional de petróleo e gás, entregando o Pré-Sal às Petroleiras estrangeiras, acabando com a política de conteúdo nacional, que empregava diretamente centena de milhares de trabalhadores e privatizando as refinarias. Como se não bastasse, aprovou a negociata da isenção de impostos das petroleiras estrangeiras por 20 anos, a fábula de 1 trilhão de dólares!

 

Essa política danosa ao país precisa mudar. É a voz uníssona das ruas.

 

Nas crises também surgem os oportunistas. Políticos que puseram Temer no poder, que defendem a reforma trabalhista e da previdência, sem fazer autocrítica, puseram óleo de peroba nos rostos e pretendem que o eleitorado se esqueça desse fato e reclamam da condução atual da Petrobras. Temer é o governo de Cássio Cunha Lima.

 

Esses políticos oportunistas fazem uma crítica superficial porque não podem contar toda a verdade. Não mostram que o principal movido da crise é a dolarização dos preços internos do petróleo, garantia de volatilidade e impossibilidade de planejamento da economia. Como mostra Ricardo Coutinho, não houve, neste período de escalada de aumento dos preços do petróleo, aumento de ICMS, nem da CIDE, contudo os preços estouraram.

 

Por uma Petrobras comprometida com o povo e o Estado Soberano brasileiro.

 

João Pessoa, 25 de maio de 2018

 

Cida Ramos

 

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

NOVA PESQUISA PRESIDENCIAL FSB/BTG: Bolsonaro pula para 33%, Haddad em segundo, com Ciro em terceiro

Pesquisa de intenção de votos divulgada na madrugada desta segunda-feira (17), pelo banco BTG Pactual ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.