Home / POLITICA / Brasil não terá mais radares móveis a partir da semana que vem, diz Bolsonaro

Brasil não terá mais radares móveis a partir da semana que vem, diz Bolsonaro

“Essa covardia de ficar num descidão, no final de um retão alguém atrás de uma árvore para multar vocês não existirá mais”, acrescentou.

“É uma roubalheira. Anuncio para vocês que a partir da semana que vem não teremos mais radares móveis no Brasil”, disse hoje. (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã desta segunda-feira (12), em evento de inauguração de obra de duplicação da BR-116 no Rio Grande do Sul, que o Brasil não terá mais radares a partir da semana que vem.

“Estou com uma briga juntamente com o Tarcísio [de Freitas, ministro da Infraestrutura] na justiça para acabarmos com os pardais no Brasil, essa máfia de multas, que vai para o bolso de alguns poucos nessa nação. É uma roubalheira. Anuncio para vocês que a partir da semana que vem não teremos mais radares móveis no Brasil”, disse hoje.

“Essa covardia de ficar num descidão, no final de um retão alguém atrás de uma árvore para multar vocês não existirá mais”, acrescentou.

Bolsonaro se mostrou otimista quanto à aprovação do projeto de lei que propõe o aumento de 20 para 40 no limite de pontos para cassação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e amplia a validade do documento de 5 para 10 anos.

“O Parlamento com toda a certeza dará a devida resposta a essas propostas nossas”, disse o presidente.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Olavo de Carvalho anuncia jornal online Brasil Sem Medo

Na página brasilsemmedo.com, o escritor é anunciado como presidente do Conselho Editorial SÃO PAULO, SP ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.